Erros comuns em inglês feitos por brasileiros

Erros comuns em inglês feitos por brasileiros

Hi there!

 

Como redatora especialista em língua inglesa, vou compartilhar com vocês alguns dos erros mais comuns que os brasileiros cometem ao aprender inglês. Esses erros variam desde a pronúncia incorreta de palavras até o uso inadequado de gramática e estrutura de frases. Vamos desvendar cada um desses erros para ajudá-lo a melhorar suas habilidades na língua inglesa.

 

Embora seja uma língua universalmente falada, aprender inglês ainda é um desafio para muitos brasileiros. Há uma série de equívocos e erros comuns que os estudantes brasileiros de inglês costumam cometer. Esses erros podem ser atribuídos a várias razões, desde a influência da língua materna até a falta de familiaridade com certos aspectos da língua inglesa. Neste artigo, vamos analisar em detalhes alguns desses erros e oferecer soluções práticas para superá-los.

 

Por que é importante aprender inglês corretamente?

O inglês é uma das línguas mais faladas do mundo e é a língua oficial de muitas organizações internacionais e corporações multinacionais. Saber inglês pode abrir portas para oportunidades educacionais e de emprego. Além disso, pode melhorar sua experiência de viagem, pois você poderá se comunicar com pessoas de diferentes partes do mundo. Por isso, é fundamental aprender inglês corretamente e evitar erros comuns que podem levar a mal-entendidos e confusões.

 

1. Pronúncia equivocada: os desafios sonoros da língua inglesa

Um dos erros mais comuns que os brasileiros cometem ao aprender inglês é a pronúncia equivocada. Por exemplo, muitos têm dificuldade em distinguir os sons "v" e "w", ou os sons "r" e "h", que não são comuns na língua portuguesa. Além disso, o "th" em inglês, como em "the" e "think", muitas vezes é pronunciado incorretamente, pois esse som não existe em português.

 

2. Confusão entre palavras similares: "bath" vs "bat", "see" vs "sea"

Outro erro comum é a confusão entre palavras que soam similares, mas têm significados diferentes. Por exemplo, "bath" (banho) e "bat" (morcego), ou "see" (ver) e "sea" (mar). A chave para superar esse problema é praticar a audição e a fala, para que você possa distinguir e pronunciar corretamente essas palavras.

 

3. Uso inadequado de phrasal verbs: "give up" vs "give in"

Os phrasal verbs são uma parte importante do inglês e são frequentemente mal utilizados pelos brasileiros. Por exemplo, muitos não sabem a diferença entre "give up" (desistir) e "give in" (ceder). A melhor maneira de aprender phrasal verbs é através do contexto e da prática constante.

 4. Uso incorreto de tempos verbais: presente simples vs presente contínuo

Os tempos verbais em inglês são um desafio para muitos brasileiros. Muitos tendem a confundir o presente simples com o presente contínuo. Por exemplo, eles podem dizer "I am understanding" em vez de "I understand". É importante aprender as regras gramaticais e praticar a aplicação correta dos tempos verbais.

 5. Erros de concordância nominal e verbal: singular vs plural

Os erros de concordância nominal e verbal são comuns entre os brasileiros que aprendem inglês. Por exemplo, eles podem dizer "The cars is fast" em vez de "The car is fast". Novamente, a chave para superar esses erros é entender as regras de gramática e praticar seu uso.

 

6. Problemas com os artigos definidos e indefinidos: "a", "an", "the"

Os artigos "a", "an" e "the" são frequentemente mal utilizados. Por exemplo, os brasileiros podem dizer "I have the dog" em vez de "I have a dog". Entender o uso correto dos artigos é fundamental para falar inglês corretamente.

 

7. Colocação pronominal errada: "She gave it to me" vs "She gave me it"

A colocação pronominal é outro aspecto desafiador do inglês. Por exemplo, "She gave it to me" é o correto, enquanto "She gave me it" é incorreto. A colocação correta dos pronomes ajuda a clarear a mensagem que você está tentando transmitir.

 

8. Tradução literal e falta de expressões idiomáticas

Muitos brasileiros cometem o erro de traduzir literalmente do português para o inglês. Isso pode levar a frases que não fazem sentido em inglês. Além disso, eles muitas vezes não usam expressões idiomáticas, que são uma parte importante da língua inglesa. A melhor maneira de superar esse problema é aprender inglês no contexto e evitar a tradução literal.

 

9. Erros na construção de frases negativas e interrogativas

A construção de frases negativas e interrogativas em inglês é diferente da do português, e isso pode causar confusão. Por exemplo, é comum os brasileiros dizerem "I no have money" em vez de "I don't have money". Aprender as estruturas corretas de frases é essencial para falar inglês corretamente.

 

10. Uso inadequado de preposições: "at", "in", "on"

As preposições em inglês são muitas vezes um desafio para os brasileiros. Por exemplo, eles podem dizer "I am at home" em vez de "I am in the home". Entender o uso correto das preposições pode ajudar a evitar muitos erros comuns.

 

11. Vocabulário limitado e uso excessivo de falsos cognatos

Ter um vocabulário limitado pode ser um obstáculo para os brasileiros que estão aprendendo inglês. Além disso, eles costumam usar muitos falsos cognatos, ou palavras que soam semelhantes em português e inglês, mas têm significados diferentes. Por exemplo, "pretend" não significa "pretender", mas sim "fingir". Expandir seu vocabulário e estar ciente dos falsos cognatos pode melhorar muito seu inglês.

 

12. Problemas com a ordem das palavras em sentenças: estrutura de sujeito, verbo e complemento

A estrutura de sentenças em inglês é geralmente sujeito-verbo-complemento, o que pode ser confuso para os falantes de português. Por exemplo, em português você diria "Eu livro leio", enquanto em inglês a ordem correta é "I read book". Aprender a estrutura correta das sentenças em inglês pode melhorar sua fluência e compreensão.

 

Conclusão

Aprender uma nova língua é um desafio, e o inglês não é exceção. No entanto, estar ciente dos erros comuns que os brasileiros cometem ao aprender inglês pode ajudá-lo a evitá-los e aprimorar suas habilidades na língua. Lembre-se, a prática leva à perfeição, então continue praticando e não tenha medo de cometer erros. Afinal, os erros são oportunidades de aprendizado.

 

Perguntas Frequentes

  1. Por que os brasileiros têm dificuldade em aprender inglês? Os brasileiros podem ter dificuldade em aprender inglês devido à influência da língua materna, à falta de prática e à falta de familiaridade com certos aspectos da língua inglesa.
  2. Qual é o erro mais comum que os brasileiros cometem ao aprender inglês? Os erros mais comuns que os brasileiros cometem ao aprender inglês variam desde a pronúncia incorreta até o uso inadequado da gramática.
  3. Como posso evitar cometer erros ao aprender inglês? A melhor maneira de evitar cometer erros ao aprender inglês é através de prática constante, aprendizado no contexto, e sendo consciente das diferenças entre o português e o inglês.
  4. É normal cometer erros ao aprender uma nova língua? Sim, é completamente normal cometer erros ao aprender uma nova língua. Na verdade, os erros são uma parte importante do processo de aprendizado, pois eles oferecem oportunidades para aprender e melhorar.
  5. Como posso melhorar minha pronúncia em inglês? Você pode melhorar sua pronúncia em inglês praticando regularmente, ouvindo falantes nativos de inglês, e utilizando recursos como livros de fonética e aplicativos de aprendizado de línguas.

Voltar para o blog